EDUCANDO AOS PÉS DE CRISTO

“O atual Colégio Presbiteriano Agnes Erskine foi fundado a 16 de agosto de 1904 com o nome de Colégio Americano de Pernambuco. Sua história está ligada ao trabalho missionário presbiteriano no Norte do Brasil. Sua fundadora foi Miss. Elisa Reed, missionária americana, enviada pelo Board de Missões da Igreja Presbiteriana do Sul dos Estados Unidos.

Dois anos após sua organização, o Colégio recebia a grande missionária e ilustre educadora Miss. Margareth Douglas, que foi, sem dúvida, a consolidadora desta Instituição. Com o auxílio divino, com a vinda de novos contingentes de educadoras americanas e com a cooperação eficaz de ilustres mestres brasileiros, o Colégio desenvolveu-se de tal modo, que teve de transferir-se dos antigos edifícios do Parque Amorim para a grande chácara da Av. Ruy Barbosa, 704, local aprazível e ideal para o educandário, que vem alcançando êxito nesses anos todos, "educando aos pés de Cristo".

A transferência da Instituição para as suas novas instalações foi possível devido à doação de um casal americano, amigo do Brasil, Mr. e Mrs. Hugh B. Sproul. Como reconhecimento por essa magnífica dádiva, o antigo Colégio Americano de Pernambuco teve o seu nome mudado para Colégio Evangélico Agnes Erskine, numa homenagem a Mrs. Agnes Erskine Sproul. Em 1997, por decisão da Comissão Executiva do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, passou a ser denominado Colégio Presbiteriano Agnes Erskine.

Sempre avançando, o Colégio Presbiteriano Agnes Erskine alcançou, mantendo o seu idealismo cristão, o 109º ano de trabalho eficiente e ininterrupto. Diante da instituição há, ainda, uma longa estrada a percorrer. Com os olhos voltados para Deus e o coração abrasado de ideal patriótico, espera o Agnes muito fazer ainda pela juventude brasileira, para a glória de Deus e a grandeza desta pátria querida, que desejamos tornar ainda maior, pelo preparo moral, espiritual e intelectual dos seus filhos”.

 

SUPREMO CONCÍLIO DA IPB
Presidente: Rev. Roberto Brasileiro Silva

 

CONSELHO DELIBERATIVO DO COLÉGIO
Presidente: Rev. Wendell Raimundo da Silva

 

DIRETORIA DO COLÉGIO
Diretor Geral: Rev. Edson Dantas de Oliveira
Vice-Diretora Pedagógica: Profª Edinar Andrade Baía
Vice-Diretor Jurídico Financeiro: Eduardo Azevedo

 

CAPELÃO
Rev. Diego da Silva Cardoso

 

COORDENAÇÕES PEDAGÓGICAS

Educação Bilíngue : Thyrza Vilela Matias
Educação Infantil  e 1º ano : Fernanda dos Anjos de Albuquerque Sales
Ensino Fundamental (2º ao 5º ano): Sara Rebeca Costa Carneiro de Macedo.
Ensino Fundamental (6º ao 9º ano): Maria das Graças Gomes Teti
Ensino Médio: Wilma Maria Costa Pereira
Ed. Física e Desporto: Jorge Luiz Ferreira da Silva Lima

 

ORIENTADORA EDUCACIONAL E COORDENADORA DE DISCIPLINA
Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio: Eve Morais Viana Odísio

 

PSICÓLOGA
Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio: Daniela Bacovis Luna Fragoso

 

IDENTIDADE

Visão
Ser reconhecido pela sociedade como uma instituição de educação confessional presbiteriana, comprometida com a responsabilidade social, a consciência ambiental, em busca contínua da excelência de ensino e de gestão, primando pela formação integral da pessoa.

 

Missão
Educar o ser humano, criado à imagem de Deus, para o exercício pleno da cidadania, contribuindo para o seu desenvolvimento e da sociedade, por meio de ensino, atividades culturais, esportivas, sociais e espirituais, em ambiente de fé cristã reformada.

 

Princípios
Na conduta pessoal: dignidade, caráter, integridade, justiça, competência, criatividade, disciplina, dedicação e espírito agnesista;

Nos relacionamentos interpessoais e institucionais: lealdade, respeito mútuo, compreensão, honestidade, humildade, cooperação, espírito de equipe, comunicação adequada, responsabilidade, autonomia, transparência, busca de consenso, de igualdade e de oportunidades;

Na inserção social: disposição para o trabalho voluntário e prestação de serviços;

Em todas as circunstâncias: agir conforme a ética cristã reformada;

Seguimos os princípios da Igreja Presbiteriana do Brasil.

 

Valores
Temos a educação como meio de transformação social, de desenvolvimento econômico e de fortalecimento das instituições democráticas;

Primamos pela excelência na qualidade do ensino;

Estimulamos o respeito, a sinceridade e a solidariedade no relacionamento entre as pessoas e com as autoridades constituídas e o meio ambiente;

Zelamos pela disciplina por ser ela intermediária no processo de aprendizagem;

Valorizamos o esporte como prática pedagógica importante na formação integral do indivíduo.

 

PROPOSTA PEDAGÓGICA

 

O Colégio Presbiteriano Agnes Erskine  fundamenta seu Projeto Político Pedagógico nos princípios da Didática Magna de João Amós Comenius, cuja obra considerada avançada para a época, continua atual  e relevante para a educação do século XXI. Comenius é considerado o pai da pedagogia moderna, criador da didática e precursor da UNESCO e da ONU.

Para  Comenius, o ser humano  é dotado da capacidade de entender e  de aprender todas as coisas, porque isso é resultado de sua criação à “imagem e semelhança de Deus” e a educação tem por finalidade essencial conduzir o homem ao Criador. Por esse pressuposto, a educação somente cumprirá a sua finalidade se estiver alicerçada nos fundamentos indissociáveis do conhecimento, da formação moral e da mais profunda piedade.

A escola tem como missão influir na vida de seus alunos formando-os nos estudos, educando-os nos bons costumes, impregnando-os de piedade, e, desta maneira, sendo, nos anos de sua vida escolar, instruídos em tudo o que diz respeito à vida presente e à futura, com economia de tempo e de fadiga, com agrado e com solidez.
 

Objetivos

  • Desenvolver o processo de trabalho pedagógico, que desafie e motive o aluno a aprender, aprender a aprender, aprender a fazer, aprender a conviver, aprender a ser, num ato coletivo e dinâmico de interação social;
     
  • Transformar o corpo discente em alunos-estudantes;
     
  • Construir o processo de trabalho pedagógico por meio de métodos e técnicas de ensino e de pesquisa, que possibilitem a ação do educador, articulada à co-participação do educando, na construção da aprendizagem, incentivando a liberdade de expressar as ideias de forma criativa e organizada;
     
  • Promover a formação do cidadão participativo, capaz de exercer liderança, de continuar a aprender, de pensar, de fazer escolhas, de tomar decisões e de resolver problemas, na construção de uma sociedade democrática em transformação;